Como é levar um tiro?

Tiros na cabeça: causas e consequências

Devido ao ritmo frenético da vida, quase todas as pessoas no planeta têm dores de cabeça todos os dias. Eles podem estar associados a excesso de trabalho, estresse e tensão nervosa. Não lhes damos a devida importância, regada com analgésicos, mas este pode ser o primeiro sinal de uma doença grave.

É normal receber tiros na cabeça?

Na maioria das vezes, há um tipo de dor aguda e pulsante. Os pacientes geralmente chamam isso de - tiro. Essa dor patológica está associada a impulsos surgidos incorretamente que vêm do início do tronco nervoso, ou seja, do cérebro, ou da periferia - das terminações das fibras nervosas. Na maioria dos casos, esses impulsos indicam danos a qualquer um dos doze pares de nervos cranianos de natureza inflamatória devido a neurite ou trauma.

Do ponto de vista médico, esse lumbago é denominado cranialgia por um termo especial. A área de distribuição da dor dependerá de qual parte da cabeça o nervo doente inerva. Se as funções do nervo facial forem prejudicadas, a parte temporal, atrás da orelha, da cabeça sofrerá. Se o tronco ou ramos do nervo trigêmeo forem afetados, a dor se espalhará para as partes frontal e maxilar do crânio.

Além disso, não apenas a localização do foco patológico, mas também a profundidade da dor dependerá do nervo. Se for um ramo superficial, a dor será superficial, especialmente desagradável quando tocada. Se o ramo do nervo estiver localizado nas estruturas profundas do crânio, então sua derrota é possível.

A dor intensa pode ser acompanhada por outros sintomas, dependendo da doença. Na neurite do nervo facial, parte da face à direita ou à esquerda sofre - o sulco nasolabial é alisado, o canto da boca cai, aparece a salivação, lacrimejamento do lado afetado. A fala fica arrastada. Você não pode fechar os olhos. Com a inflamação do nervo trigêmeo, o aparelho mandibular sofre. A patologia do nervo coclear é caracterizada por deficiência auditiva e do aparelho vestibular. A tontura é possível.

Dor cervical frequente com osteocondrose da coluna cervical, que se irradia para a região occipital. Na osteomielite dos ossos do crânio, dores agudas são acompanhadas por síndrome de dor intensa nos ossos, febre e presença de focos purulentos.

Por que há tiros na cabeça?

Se o impulso de dor foi único, é possível num contexto de tensão nervosa ou estresse, esta situação não é grave. Mas, com episódios frequentes de lumbago, você deve começar a procurar imediatamente a causa dessa patologia.

Por que há tiros na cabeça - as causas da dor na região temporal podem ser muito diversas:

  • A inflamação dos nervos cranianos ocupa legitimamente o primeiro lugar na lista. Com neurite do nervo facial, lumbago é mais frequentemente na região temporale. Mas não os confunda com dor de tensão, que é opressora na mesma parte da cabeça;
  • Neuropatia alcoólica e tóxica;
  • Condrose, hérnia intervertebral, protrusão de disco. Nesse caso, a dor está localizada na parte de trás da cabeça, então flui suavemente para as regiões temporais e frontais;
  • Doenças inflamatórias dos órgãos da cabeça: sinusite, otite média, sinusite, inflamação da parte orbitária. A patologia desenvolvida pode ir para os troncos nervosos, o que levará à sua derrota;
  • Várias neoplasias no crânio podem comprimir os nervos e interromper seu trabalho, o que leva aos sintomas correspondentes.

Localização da dor e seu significado:

  • Lumbago na região frontal aparece quando o corpo está hipotérmico, pode ocorrer espontaneamente ou quando é aplicada pressão no ponto de dor acima da sobrancelha - o local de saída do ramo;
  • Dor pulsante na região temporal. Esta é a área mais inervada, portanto, pode haver vários motivos para sua ocorrência. Às vezes, a dor pode ser aliviada massageando intensamente as têmporas;
  • A pulsação na região parietal geralmente está associada a distúrbios cervicais. A dor ocorre em um lado ou em ambos ao mesmo tempo;
  • A cranialgia occipital ocorre com osteocondrose da coluna cervical, lesões e hérnias das vértebras, quando em um projecto.

Medicação

O tratamento depende principalmente da causa da dor na região temporal. Se esse resfriado comum, como dizem, explodiu, você só precisa enrolar um lenço em volta da cabeça e do pescoço e evitar mais hipotermia.

Com o desenvolvimento da osteocondrose, o tratamento deve ser abrangente e consistir em medicamentos e procedimentos de fisioterapia, massagem e terapia por exercícios.

Dos medicamentos, os antiinflamatórios não esteroides serão principalmente úteis. Estes incluem Diclofinac, Nimesulida, Voltaren. Essas drogas têm efeitos analgésicos e antiinflamatórios. Para aumentar a eficiência, a administração intramuscular e a fricção externa são realizadas simultaneamente - na forma de pomadas. A dosagem e o curso do tratamento são sempre individuais.

Para fortalecer e fazer crescer o tecido ósseo, são prescritos medicamentos com gluconato de cálcio. As cápsulas de Artra são um medicamento muito eficaz. Para dores fortes, você pode usar analgésicos Bral, Spazgan, Ketorol.

As pomadas são usadas na terapia: Viprosal, condroxido, Voltaren, Diclofenac e outros. O mercado farmacêutico agora tem uma seleção muito grande dessas formas de dosagem.

Depois que a gravidade do processo diminuir, você pode começar a fisioterapia. Eletroforese, UHF. Massagear o pescoço e a zona do colarinho deve ser feito com cuidado, não exagere, para não causar danos.

Para neurite, drogas antiinflamatórias também são usadas, drogas nootrópicas - Piracetam, Fenotropil, Nootropil. Medicamentos vasculares ajudam a melhorar a circulação cerebral, ativadormetabolismo cerebral de conforto - Actovegina, Cerebrolisina, Citoflavina.

Se o processo inflamatório for causado por um foco purulento, será necessário realizar um curso de antibioticoterapia. Primeiro, você precisa determinar a sensibilidade do patógeno às drogas. Na maioria dos casos, são utilizadas penicilinas protegidas - Clavulanato de amoxicilina, Amoxiclav, Augmentin. As cefalosporinas com injeção intramuscular são usadas como drogas de reserva.

Para neoplasias do sistema nervoso central, é necessária uma consulta com um oncologista. Em seguida, ele prescreverá o tratamento apropriado, provavelmente cirúrgico.

Nas neuropatias de várias origens, é necessário, antes de mais nada, excluir a causa pela qual essa patologia se desenvolveu e, em seguida, realizar um tratamento de reabilitação de longa duração.

Durante o período de reabilitação, a acupressão e a ginástica terapêutica são amplamente utilizadas. Para o desenvolvimento dos músculos faciais, é necessário praticar em frente ao espelho. Pronúncia de letras difíceis, frases, trava-línguas de forma eficaz. Massageando pontos de saída do nervo.

Prevenção de doenças

Para evitar doenças tão terríveis, você precisa cuidar de si mesmo - evite quartos muito ventilados, trate doenças virais e bacterianas a tempo. E vale lembrar que todas as doenças são dos nervos. Tente não se expor a situações estressantes e tensão nervosa. Experimente emoções mais positivas e seja saudável.

Lembre-se de que a sua saúde geralmente depende inteiramente de você. Cuide-se!

TIRO! O QUE ACONTECE QUANDO ALGUÉM É BALEDADO?

Postagem anterior Dicas úteis para quem pinta as unhas em casa
Próxima postagem Qual é o efeito da mesoterapia no couro cabeludo?